quinta-feira, 11 de outubro de 2018

CARNIÇA (processos)


Olá amigos, me perdoem pelo sumiço, estava justamente na reta final da no HQ “Lama”, segunda parceria minha com o roteirista Rodrigo Ramos. Agora já estamos fechando os arquivos para enviar para a gráfica... UFA! 

Capa de "Carniça"


Bom, falando na nossa parceria, Carniça foi nosso primeiro trabalho, lançado no ano passado, teve uma bela aceitação do público, e nos motivou a continuar.

Eu e Rodrigo estamos aos poucos criando nosso selo independente “Carniça Quadrinhos”, e a ideia é lançar pelo menos uma HQ de Terror/Horror por ano.Contamos com o apoio de vocês!

Em breve falaremos mais sobre o “Lama”, resolvi retomar as postagens aqui com um pouco dos meus processos do ano passado...

Carniça foi um trabalho de execução muito rápida... A busca por influências estéticas se relacionou um pouco com “O Santo Sangue”.Portinari foi um ponto comum, mas aqui o aspecto principal da história era e decadência e a podridão. 


Cândido Portinari "Os Retirantes" (1944)
Meu caminho foi então juntar “Os retirantes” e todo o clima das obras de Edgar Alan Poe, nosso grande homenageado nessa pequena obra.









 

Todos os desenhos foram feitos no Lápis... e passados para o nanquim com pena, caneta e pincel usando Mesa de Luz.
MUITA coisa foi resolvida diretamente na tinta.

A fase de colorir foi dentro do Photoshop, mas busquei a forma mais rústica e limitada... Achei que seria um desafio interessante.

Usei como base em todas as páginas uma folha de papel Kraft...

As cores eu me limitei a usar apenas: OCRE, VERMELHO, AZUL, AMARELO e PRETO e BRANCO.

Eu me proibia usar o “conta-gotas” do Photoshop para pegar cores intermediárias... Eu usava apenas as cores puras, e as misturas aconteciam pela sobreposição, como se fosse Gizes de cera.

Etapa inicial "lápis"


Finalizando na mesa de Luz.


Página 1 - Arte Final
Peleta de Cores
 
Página12 - Arte Final e papel Kraft
 
Página 12 - Cor sobre camada de Kraft

Página 12 - Versão Final


Página 10 - Cor sobre camada de Kraft

Página 10 - Versão Final 


Espero que vocês gostem, qualquer sugestão enviem mensagens!
Carniça pode ser comprado na lojinha do meu Site , clique AQUI!
Até mais!!


segunda-feira, 3 de setembro de 2018

CAPA e CONTRACAPA - O santo Sangue

Se o livro é vendido pela capa eu não sei... mas, sem dúvida é um dos elementos que merece uma atenção muito especial!

Capa de "O Santo Sangue",Editora Jupati Books,
Ilustração Marcel Bartholo,Design Sérgio Chaves


O processo para a criação da capa e contracapa de “O Santo Sangue” foi bem rápido, e não tive muitas tentativas e erros, mas vamos observar:
Algumas etapas que eu tento analisar para criar uma capa:

1-Título da obra. Quais imagens mentais o título evoca?

2-Tema da obra.
Qual o clima? Como representar visualmente o tema?

3-Referências e simbologia.
Buscar um embasamento consistente para suas ideias é importante.

4-Composição ( espacial e cromática )
Colocar em ação a parte prática e testar  os esboços  de construção e escolher a paleta de cores.

Um primeiro conceito que foi logo descartado foi evocar a obra Pietà.

Além de já ser um “clichê” não trazia exatamente o tema da história...contudo, essa ideia foi usada de maneira mais sutil na página 61 da história. (depois vocês poderão conferir melhor)

Detalhe de quadro da página 61 de "O santo Sangue"
Pietà -Michelangelo 1499

 
O título “O Santo Sangue” poderia evocar ideias como: Religião, devoção, sacrifício... mas, isso não seria o bastante, e poderia trazer interpretações equivocadas da obra.

A história de “O Santo Sangue” é um “causo”, guiado basicamente por arquétipos bem definidos de personagens... Então, logo me convenci que o melhor caminho seria o mais simples. Representar os personagens principais.
Primeiro esboço da capa de "O Santo Sangue"

O sangue era um elemento importante, mas não poderia passar uma ideia de “Terror”, e sim algo misterioso e místico. O cenário seco e quente funcionou para passar o clima “sertanejo” e fazer contraste com a Contracapa...

Vérnio( Matador),Lucen(Santa) foram os escolhidos para a capa. Sua relação contrastante já me bastava. 



Testes de composição para capa de "O Santo sangue"



Versão Final da Ilustração para capa de "O Santo Sangue"- Marcel Bartholo

Um pedido do Laudo Ferreira desde o começo foi colocar a nossa querida bruxa na contracapa.


A personagem é uma espécie de “coringa” na história...  não muda basicamente nada nos acontecimentos, mas passa uma sensação de onisciência e sabedoria para o leitor. Seu ambiente é a floresta, uma nova dimensão visual dentro da narrativa. A Noite e o Verde seriam meus elementos principais ali. Busquei uma referência no “Caipira picando fumo” do Grande Almeida Junior.

"Caipira picando fumo", de Almeida Júnior,1893
Primeiro esboço da Contracapa de "O Santo Sangue"

Versão Final da Ilustração para Contracapa de "O Santo Sangue"- Marcel Bartholo


Espero que gostem de acompanhar esses processos de meu trabalho...

Qualquer sugestão enviem mensagens e comentários!
O lançamento se aproxima, nesta semana estaremos na Bienal de Quadrinhos de Curitiba! De 6 a 9 de Setembro, na mesa 105, será um grande prazer receber quem estiver por lá!

Gostaria também de compartilhar com vocês uma entrevista que eu e Laudo demos para a querida Francylene silva do site Mais QINerds!

Obrigado! Até a próxima postagem !! 

terça-feira, 28 de agosto de 2018

O SANTO SANGUE (processos)



Sejam bem vindos amigos!
Por que fazer um site e um blog agora?
Acredito que eu precisava de um “Farol” nesse oceano de redes sociais.

Antes de qualquer coisa quero agradecer publicamente ao querido Sergio Chaves (Café Espacial),que através do Charlotte Estúdio, está justamente cuidando do meu Site, e também foi o Designer da edição de
“O Santo Sangue”!

Pretendo postar aqui meus processos, minhas influências, minhas referências...Aprender constantemente a cada trabalho novo, e compartilhar todo conhecimento que eu puder, com quem se interessar.

Na próxima semana será o lançamento da HQ “O Santo Sangue”, meu primeiro quadrinho a sair por uma editora, o selo Jupati Books da Marsupial. Meu amigo Laudo Ferreira (Yeshuah,Tianinha,Olimpo Tropical), um dos quadrinistas mais prolíficos do cenário nacional, grande desenhista e contador de histórias, que resolveu convidar parceiros para desenhar seus roteiros...

“O Santo Sangue” começou a ser desenhada pelo próprio Laudo há alguns anos atrás, com cores e arte-final do Omar Viñole (Yeshuah, Histórias do Clube da Esquina, Auto da barca do Inferno, etc.), porém o trabalho acabou não tendo continuidade. O personagem principal, “Vérnio” já havia aparecido em outras encarnações, vou deixar aqui o link para o blog do Laudo onde ele fala sobre isso !  

Recentemente gravamos um bate papo com o Carlos Neto do Papo Zine, e explicamos também um bocado sobre a gênese da HQ.



Neste espaço,quero focar mais no meu processo de desenho e pintura.
Um dos meus materiais favoritos é o Giz pastel oleoso, mas, pela praticidade, venho buscando trabalhar com a pintura digital, simulando o mais próximo que consigo.

Vou mostrar justamente aqui o “Passo a Passo” dá primeira página da HQ .

Minha maior referência consciente foi Cândido Portinari, então logo na primeira cena, minha preocupação foi criar o clima, e a estilização dos personagens e cenários.



Cândido Portinari, Enterro na rede 1944



Cândido Portinari, Criança Morta 1944

 

Cândido Portinari, Menino Sentado 1945

     Desde o esboço, até a finalização, o processo foi todo diretamente feito no Photoshop.O pensamento sempre foi usando as massas de cores e trabalhando cada quadrinho, como uma pintura por "camada"
Abaixo podemos perceber um pouco melhor o processo de construção da página.

Primeiro Esboço






Versão FINAL( pág 1)



 "O Santo Sangue" é um trabalho que me dediquei com muito carinho, e estou muito ansioso para tê-lo em mãos, e saber o que as pessoas vão achar!

Você pode comprar pela pré-venda no site da Editora

Quem puder estar na Bienal de Quadrinhos de Curitiba, agora nos dias 06 a 09 de Setembro, nos encontre lá na mesa 105. Será um grande prazer!

Em breve faremos algum lançamento em São Paulo, e participaremos de outros eventos também!

Muito Obrigado pessoal! Até a próxima postagem!